Quero ter plantas em casa. E agora?

Um mini manual para quem quer encher a casa de verdinhas, mas não sabe como.

Você já pensou em ter plantas em casa mas logo desistiu por já ter matado uma porção delas, seja pela falta ou mesmo pelo excesso de água?! Tudo bem, não se preocupe! Você não foi o único.

 

Cuidar de plantas pode não ser uma tarefa tão simples assim, mas, com paciência, você chega lá. O primeiro passo é entender que a jardinagem não tem verdades absolutas. As plantas podem ser bastante flexíveis e dinâmicas, se adaptando bem, mesmo em condições diferentes de seu habitat natural.

Jardinagem é, sobretudo, muitas tentativas e erros até finalmente acertar. Portanto, permita que o seu lado jardineiro fale mais alto, coloque as mãos na terra e vai nessa!

 

 

O próximo passo consiste em encontrar plantas que sejam ideais para o espaço onde você pretende colocá-las. O que é preciso avaliar? Antes de tudo, a luz do ambiente. Durante o dia, sem acender qualquer lâmpada, tente ler uma bula de remédio no local. Está fácil de ler? Ótimo! Isso significa que o espaço pode receber plantas. O branco do papel arde os olhos por conta do excesso de luz? Então, é um ambiente de sol. Nesse caso, verifique se ele bate o dia todo ou apenas meio período. Não conseguiu ler sem iluminação? É, talvez seja o caso de ter plantas permanentes, pois as verdadeiras não resistirão no breu.

 

Ambiente verificado, agora é hora de eleger o cuidador. E a dica aqui é ter uma quantidade de vasos que você dê conta de cuidar sozinho. Dividir os cuidados, pelo menos inicialmente, pode trazer alguns problemas como esquecer de aguar ou molhar demais. Sem falar de alguma praga que alguém pode ver, mas esquecer de avisar o outro.

 

Por fim, eis que é chegada a hora de escolher a planta. Imagine que, assim como você planeja uma viagem de férias, verificando temperatura no local, roupas, gastos e afins, você vai precisar pesquisar e planejar as plantas que deseja ter. Algumas, por exemplo, exigem luz solar direta e podem não sobreviver em ambientes fechados e com pouca luz. Algumas podem precisar de água em abundância enquanto outras preferem ambientes mais secos e podem ser regadas apenas 1 vez por semana.

Do que plantas precisam?

 

É bem provável que a resposta para esta pergunta surja bem rápido na mente, certo? Oras, plantas precisam de luz, água, terra e nutrientes. De fato, elas necessitam disso tudo. Mas pense que há 400 mil espécies vegetais no mundo. Ou seja, elas com certeza têm necessidades bem diferentes umas das outras. Por isso, a dica aqui é uma só: pesquise pelo nome científico da planta. Desta forma, você consegue descobrir exatamente o que cada uma vai necessitar.

Quando o assunto é luz, lembre-se:

 

Sombra não é breu: existem plantas de sol e de meia-sombra. Geralmente, elas precisam de 8h e 4h diárias de sol, respectivamente. E existem também plantas de sombra que vivem apenas com luz difusa, em ambientes com muita claridade, mas sem sol. O que não tem nada a ver com breu, ok?

 

Poucos metros da janela: se você mora em apartamento, o melhor canto para deixar as plantas é na varanda ou bem próximas às janelas. A distância máxima permitida é de 3 metros da luz natural.

 

“Escute” as folhas: se elas estiverem pálidas, amareladas ou com áreas esbranquiçadas, há excesso de sol nelas.

 

Evite mudanças drásticas: trouxe planta nova para casa? Mesmo ela sendo de sol, mude o vaso de lugar gradativamente e aumente a insolação aos poucos. Só assim elas se aclimatam sem sofrimento.

 

Se falarmos de água:

 

Existem cinco segredos para a rega perfeita. Nem de mais, evitando que as raízes apodreçam sem ar, nem de menos, fazendo com que as plantas saiam dos vasos em busca de qualquer vapor. Anote aí.

 

  1. Na ponta do dedo: coloque a pontinha do dedo na terra. Está seca? Regue. Está úmida? Não regue.
  2. De monte: coloque muita água, até sair pelos furos do vaso. É preferível molhar muito poucas vezes por semana do que um pouco todo dia.
  3. Vapor: borrifar as plantas é um refresco em dias quentes, mas não substitui a rega.
  4. Hora certa: regue pela manhã cedinho ou no fim da tarde. Além de evitar pragas, favorece o desenvolvimento das plantas.
  5. Terra esturricada: uma crosta impossível de hidratar. A solução para salvar a planta é colocar o vaso num balde com água por 10 minutos.

 

 

O que você precisa saber sobre a terra:

 

É na terra que as raízes se esparramam para sustentar o caule. É nela que estão nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio, magnésio, enxofre, boro e tantos outros nutrientes que as plantas precisam. E se a terra tiver uma mistura de areia e composto orgânico, é melhor ainda. Afinal, a areia deixa o solo mais leve e poroso, e o composto torna-o mais nutritivo, permeável à água e rico em vida. A essa mistura dá-se o nome de substrato.

 

É pela terra que as raízes podem avisar às vizinhas que há pragas, produzir substâncias que impeçam outras plantas de crescer por perto ou mesmo impedir que bactérias ataquem.

 

Estas são algumas dicas iniciais para quem quer dar o primeiro passo e ter suas plantas em casa. Se você quer se aprofundar no assunto, na Livraria Saraiva, aqui do Brasília Shopping, tem diversos livros sobre o tema. 

 

Quinzenalmente no sábado tem Mercadinho Drive Thru, no Estacionamento G1, do seu Brasília Shopping . Para quem for conferir o evento, vamos distribuir mudinhas, conforme disponibilidade. Para ganhar é simples:

  1. Poste uma foto no Mercadinho
  2. Marque @brasiliashopping e use a #MercadinhoDoBrasilia
  3. Mostre a foto para uma das promotoras

 

Prontinho!

 

E, se você também quer ganhar ervas medicinais e ajudar quem mais precisa, o projeto Nossa Horta tem uma campanha de arrecadação de alimentos e agasalhos bem incrível. Doando 1kg de alimento ou um agasalho você ganha um kit com as ervas.

 

Vem que a gente te espera no Mercadinho Drive Thru, das 11h às 17h.

Compartilhe:

Comente:

Outras publicações

Gastronomia

Frutas e Legumes de Abril

Editorial

As belezas da África do Sul

Gastronomia

Festival de Bacalhau

Editorial

Almost Paradise

Participe das nossas promoções e receba novidades por e-mail, SMS ou correios.

Quero Cadastrar