CineCult

Cinema, arte e cultura.

O CineCult constitui-se em um projeto de reflexão e debate  sobre cinema, arte e cultura humanista. De grande amplitude e expressiva repercussão em Brasília e no Brasil, tendo edições realizadas em outros estados, o CineCult afirmou-se como espaço singular de  cultura e entretenimento.

Realizado pelo Brasília Shopping desde 2012, o CineCult foi idealizado e é organizado pela Curadora de Arte e Psicoterapeuta Íria Martins. O projeto tem o intuito de privilegiar a sétima arte como instrumento de crescimento e desenvolvimento da cultura humanista.

O CineCult – apesar de originar-se da experiência clínica, espaço em que a Cinelogia é utilizada como forma de socializar a psicoterapia - tem o propósito primordial de valorizar e divulgar o cinema como vertente artística fortemente marcada por todos os outros elementos de arte – música, artes cênicas, pintura, arquitetura, escultura, literatura, fotografia, moda. Leva em consideração o fato de que se trata de uma projeção. Projeção, também, é o que faz o expectador ao fruir as imagens oferecidas na telona.

A continuidade do CineCult tornou-se  um compromisso de todos os parceiros, pois um público de mais de dez mil pessoas que acompanhou o projeto  fez dele uma referência para todos aqueles que possuem alguma estima pelo pensar, pela reflexão, pela arte, pela convivialidade. Nos seis anos do projeto, foram realizadas 170 edições e 10.210 espectadores assistiram às projeções realizadas no Teatro do Brasília Shopping, sempre sob a batuta da curadora do projeto, Íria Martins.

Em 2018, sétimo ano do projeto, o CineCult pretende preservar este território fértil de reflexão, debate, cinema, arte, cultura, além de continuar extrapolando  os limites de Brasília  com edições previstas para RS e RJ.

Mais, as incursões pela arte e pela cultura tornaram-se experiência viva e 2015, com a visita de um grupo de assíduos frequentadores do CineCult ao Museu Inhotim. Em 2018, além de Inhotim, o CineCult estende seus braços para a Pinacoteca, CCBB, MASP, Galeria OntoArte e Museu Catavento (SP); Museu de Arte Moderna e CCBB (RJ).

Assim, a Curadora Íria Martins se afirma como um nome singular na proposta de vivências diferenciadas de cinema, arte, cultura.

Filme de 15/11: O Que Eu Mais Desejo

Sinopse: Na ilha japonesa de Kyushu, dois irmãos são separados após o divórcio dos pais. O mais velho, Koichi, foi morar com sua mãe na casa dos avós, localizada no sul da ilha, numa área campestre perto do preocupante vulcão Sakurajima. O irmão mais novo, Ryunosuke, manteve-se com o pai, guitarrista, no norte da ilha, região moderna e industrializada.

Durante uma aula, Koichi descobre com os amigos que a chegada do Trem Bala à ilha poderá mudar o destino dos habitantes locais, já que a crença popular diz que milagres acontecem quando dois trens se cruzam. Assim, o garoto decide orquestrar um plano para ver o cruzamento dos trens e concretizar seu desejo mais profundo: ver o vulcão entrar em erupção e destruir sua parte da ilha, para que ele, a mãe e os avós sejam obrigado a morar com o pai - reunindo novamente sua família.

15/11/2018

19h

Valores:

Entrada gratuita
Mais informações: 2109-2122

Compartilhe:

Comente:

Outros eventos

17 a 25/11

A Caixa Mística

14/11

Análise Cromática

9/11 a 21/12

Comedy Flix

Participe das nossas promoções e receba novidades por e-mail, SMS ou correios.

Quero Cadastrar