CineCult Agosto – Iluminismo e Democracia

Cinema, arte e cultura

O CineCult constitui-se em um projeto de reflexão e debate  sobre  cinema, arte e cultura humanista. De grande amplitude e expressiva repercussão, o projeto afirmou-se como espaço singular de cultura e entretenimento. As obras cinematográficas são pontes entre o público e o tempo, o espaço e a temas que merecem reflexão. Clássicos ou contemporâneos, os filmes provocam, emocionam e dão o que falar. Os cinéfilos da cidade têm duas quintas-feiras de cada mês  reservadas à sétima arte e aos assuntos colocados em pauta por ela no Cine Cult Brasília Shopping.

Depois da exibição dos longas, o público é convidado a um bate-papo com a curadora do Cine Cult Brasília Shopping, a psicoterapeuta Íria Martins, e convidados. As sessões começam às 19h e são gratuitas. O Teatro Brasília Shopping tem cem lugares. O Cine Cult costuma atrair um público muito maior. Então, é bom chegar um pouquinho mais cedo para garantir a entrada! Responsável pela criteriosa seleção das obras, Íria Martins lembra que em 2019, o projeto celebra seu oitavo ano. Até 2018, foram realizadas 187 edições e 11.645 espectadores assistiram às projeções. “Nosso desafio é preservar o território fértil de reflexão, debate, acesso ao cinema, à arte e à cultura. Vamos continuar extrapolando os limites de Brasília, com edições previstas para o Rio Grande do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro”, adianta. Para Íria, o cinema é uma manifestação artística e cultural transformadora. “Trata-se de uma ferramenta poderosa no processo de evolução e desenvolvimento humano”, reflete.

Programação de Agosto - Tema Iluminismo e Democracia:

Filme de 08/08: A história de Louis Pasteur. 1936. EUA. Direção de William Dieterle. Com interpretação magistral de Paul Muni. Oscar de Melhor Ator, Melhor Roteiro e Roteiro Original. 1h30. 10 anos. (IMDB)



Sinopse e informações: A história real de vida de Louis Pasteour (Paul Muni). No século XIX, o químico foi o primeiro a acreditar que as doenças são causadas por micróbios invisíveis. Sua teoria radical é descartada pela maioria dos médicos, em especial o seu mais crítico, o Dr. Charbonnet (Fritz Leiber, Sr.). No entanto, Pasteur continua com suas pesquisas, junto a um pequeno grupo de pesquisadores leais.

Filme de 22/08: A Grande Ilusão. 1937. França. Obra-prima do Diretor Jean Renoir. Com Jean Gabin e Erich Stroheim. Uma obra-prima que deveria ser obrigatória a toda população dos países dedicados à democracia. 1h50. 14 anos. (IMDB)



Sinopse e informações: O filme passado durante I Guerra Mundial, conta a história de dois soldados franceses são capturados pelas tropas alemãs. O Capitão Boeldieu (Pierre Fresnay), antes um aristocrata, e o Tenente Marechal (Jean Gabin), que era um simples mecânico quando ainda civíl. Eles conhecem outros prisioneiros de diversas origens e fazem amizade com um companheiro chamado Rosenthal (Marcel Dalio). Após tentarem fugir por diversas vezes, eles são separados do novo amigo e enviados para um fortaleza. É lá que Boeldieu faz amizade com um oficial alemão chamado Van Rauffenstein (Erich von Stroheim), também de origem aristocrática.

Datas:

08 e 22/08

19h

Valores:

Entrada gratuita

Mais informações: 2109-2122

Compartilhe:

Comente:

Outros eventos

10 e 24/10

CineCult Outubro – Arte, Vida e Sociedade

12 a 26/07

Comedy Flix

30/07 a 26/11

Jornadas de Empatia

Participe das nossas promoções e receba novidades por e-mail, SMS ou correios.

Quero Cadastrar